Shirley Maria – Língua Portuguesa

Pronomes de Tratamento

Os pronomes de tratamento incluem-se entre os pronomes pessoais. São usados de acordo com a pessoa a quem nos dirigimos.

Apesar de os encontramos abreviados nas peças jurídicas, por exemplo, deve-se evitar a abreviatura dos mesmos. Entretanto, vamos apresentar as abreviaturas para o devido uso.

Pronome de tratamento

Uso

Abreviatura

Você

Tratamento familiar, informal v.

Senhor

Senhora

Senhorita

Tratamento de respeito

 

(em desuso)

Sr.

Sra.

Srta.

Vossa Senhoria

Usado para correspondência comercial e para funcionários graduados V. Sa.

Vossa Excelência

Usado para autoridades com alta graduação V. Exa.

Vossa Reverendíssima

Usado para sacerdotes V. Revma.

Vossa Eminência

Usado para cardeais

V. Ema.

Vossa Santidade Usado para o Papa V. S.

Vossa Majestade

Usado para reis e rainhas V. M.

Vossa Majestade Imperial

Usado para imperadores

V. M. I.

Vossa Alteza

Vossa Magnificência

Usado para príncipes, princesas e duques

Usado para reitores de universidade, pró-reitores e vice-reitores

V. A.

V. M.

 Concordância dos pronomes de tratamento

 Esses pronomes são da segunda pessoa, mas se usam com as formas verbais e os pronomes possessivos da terceira pessoa. Exemplo:

“Vossa Majestade pode partir tranquilo para a sua expedição”.

 Referindo-se à terceira pessoa, apresentam-se com o possessivo sua: Sua Senhoria, Sua Excelência, Sua Majestade. Exemplos:

Sua Excelência volta hoje para Brasília.

“Certa manhã, Sua Majestade, o rei Marcos I, acordou ao som de tiros.”